Como você planeja seu conteúdo?

Criar conteúdo não é simplesmente publicar algo. É necessário planejamento e um plano de gestão para que os resultados sejam alcançados e maximizados. Essencialmente a empresa deve observar o modelo QQQ: Quem (para quem vamos falar), o Que (aquilo que queremos) e Qual (qual a percepção do público com relação à marca).

O planejamento passa pelas seguintes etapas:

Objetivos: aquilo que a empresa quer é o primeiro passo do planejamento. Isso norteará o caminho a ser seguido. Entre os principais objetivos estratégicos do conteúdo estão gerar engajamento, branding, promoção, relacionamento e vendas.

Pesquisas: a pesquisa é parte importante dentro do planejamento. A análise de dados primários, estudos de benchmark e pesquisas de campo auxiliarão no desenvolvimento do projeto. Quanto mais conhecimento a corporação tiver do mercado, maiores as chances de acerto.

Público: é o público com o qual a companhia quer falar. Atualmente, a segmentação é a técnica mais eficiente de interagir com as pessoas certas. O desafio é escolher quais as melhores formas de segmentação (demográfico, comportamental, contextual). Pode-se falar com mais de um público, desde que o conteúdo seja adequado para ele.

Universo da Marca: para empresas e marcas já existentes a percepção das pessoas com relação a elas pode dar ótimo subsídio para a produção de conteúdo. Se a percepção estiver desalinhada com o posicionamento, o conteúdo irá ajudar a colocá-la no eixos. Se estiver alinhada, servirá como ênfase.

Tipo de Conteúdo: é aquilo que a empresa irá produzir para ser encontrada na internet, gerar valor e consolidar seu posicionamento. Entre as opções de conteúdo estão artigos, fotos, gráficos, apresentações, webinars, jogos, vídeos, infográficos, aplicativos, mapas, podcasts, etc

Plataforma e Canais: é o meio pelo qual o conteúdo será disponibilizado. Ex: Sites, Blogs, Hotsites, Redes Sociais, WebTV, Fóruns, Email Marketing.

Metas: é a definição em termos quantitativos, tangíveis, daquilo que ser quer. Ex: Se o objetivo da empresa é ser líder em vendas do mercado online, a meta é vender X produtos em um determinado prazo.

Investimento: é quanto a empresa terá que aplicar para produzir e divulgar o conteúdo. Como já mencionado, a qualidade é um critério cada vez mais usado para a diferenciação na web. Portanto, a empresas devem investir não apenas em ferramenta, mas também na capacitação de seus profissionais

Prazo: o tempo necessário para planejamento, execução e retorno do conteúdo. O planejamento deve ser a etapa que consumirá maior tempo. Quanto melhor o planejamento, mais rápido será a execução e melhor será o retorno.

Plano de Ação: é a forma como o conteúdo será veiculado. É preciso haver sincronia entre os canais e também entre todos os departamentos da empresa. Não existe nada pior do que o consumidor ser impactado por uma ação na internet, entrar em contato com a empresa e o SAC ou o departamento de vendas não estarem a par do plano.

Monitoramento e Mensuração: tudo que é digital pode ser monitorado e mensurado. Com ferramentas de web analytics é possível descobrir que tipo de conteúdo gera resultados melhores. Esses dados embasarão decisões estratégicas de ratificação ou reajustes.

Para conhecer o serviços  da Denis Zanini Consultoria de Marketing Digital clique aqui

Recomendado para você!