5 táticas para turbinar seu negócio no Instagram

A quarentena obrigou muitas empresas a terem que se reinventar da noite para o dia para sobreviver. Muitos negócios que ainda não estavam no mundo online foram praticamente obrigados a transferir suas operações para o digital.

A adoção de negócios virtuais revolve em parte o problema das empresas que não estão podendo atender fisicamente, mas, por outro lado, apresenta inúmeros novos desafios, principalmente para quem não tem verba nem tempo disponíveis para criar um ecommerce ou um site de grandes dimensões.

Nestes casos, o Instagram pode ser uma ótima alternativa, principalmente para pequenos e médios negócios.

Uma das redes sociais com maior audiência e engajamento diário do mundo, o Instagram é uma ótima ferramenta para divulgar seus produtos e serviços, gerar awareness, desenvolver diálogos e aumentar a reputação de seu negócio.

São 1 bilhão de usuários ativos, segundo o próprio Instagram. E o Brasil tem grande participação nesse número. É o segundo país com mais usuários, ficando atrás apenas dos EUA.

Neste post, selecionamos algumas táticas baseadas nos critérios que o algorítimo do Instagram analisa para melhorar a distribuição de uma postagem.

1) Stories é tudo de bom ;-)

A maior audiência e engajamento do Instagram não está no feed, e sim nos Stories. Repleto de funcionalidades (enquetes, gifs, perguntas, marcações, efeitos, etc) o Stories é perfeito para a divulgação de conteúdos diversos, como fotos, vídeos e até textos.

A estética dos Stories é tão forte e já está tão arraigada na vida das pessoas que a publicidade tradicional já se apoderou dos seus elementos e está utilizando esses recursos para anunciar na mídia tradicional.

Importante frisar que, para melhorar o engajamento e interação, o conteúdo deve ser produzido respeitando as características dos Stories. As artes devem ser feitas na vertical, por exemplo. Os textos devem ter fontes grandes e estimular que a pessoa leia a continuidade do conteúdo nas telas seguintes.

2) Old but gold: hashtags e marcações

Esta dica é antiga mas não custa lembrar: as hashtags são essenciais para melhorar a indexação e encontrabilidade de seu conteúdo no Instagram. Uma hashtag pode aumentar o nível de engajamento em 12,6%, segundo pesquisa do próprio Instagram.

Por isso, capriche nas palavras. Logicamente, escolha palavras que sejam estratégicas para seu negócio e que estejam alinhadas ao conteúdo postado. Embora o Instagram possibilite a inclusão de até 30 hashtags, a recomendação é usar entre 10 e 15 e que não sejam palavras muito longas.

Marcações de pessoas, empresas e principalmente locais também ajudam muito. O recurso de geolocalização permite otimizar a comunicação com quem está mais próximo, gerar identificação e pode proporcionar até 79% mais de engajamento.

3) Lives tem um potencial imenso!

Para concorrer com o Youtube, o Instagram está “premiando” com um alcance maior as transmissões ao vivo. Por isso, coloque dentro do planejamento da sua empresa a produção de programas ao vivo. As lives trazem engajamento e audiência qualificadas para sua conta.

Contudo, com o nível de profissionalismo cada vez maior, não basta apenas ligar a câmera do celular e ir falando o que vier à mente. É necessário investir na produção do programa. Preparar um roteiro básico, escolher um lugar com o fundo adequado, bem iluminado e silencioso são itens mais do que obrigatórios.

Os temas devem ser de interesse do público. Por exemplo, no caso de uma loja, mostrar em primeira mão os produtos que acabaram de chegar. No caso de serviços, dar dicas e sugestões de como melhorar a performance do cliente com os serviços que a empresa oferece. Sempre interessante publicar no Instagram um “Save the Date”, anunciando o tema, data e horário da live.

4) Tenha uma loja no insta :-)

O Instagram já permite que lojas disponibilizem seu catálogo de produtos na rede. Para isso é necessário enviar à plataforma uma planilha com a descrição dos produtos (nome, cores, tamanhos, fotos, preço, etc). É uma operação um pouco trabalhosa, mas vale a pena.

Pelo catálogo, o internauta consegue visualizar sua vitrine, escolher o que deseja e ser direcionado para a sua loja virtual, onde poderá realizar a compra. Vale lembrar que 80% dos usuários da plataforma interagem com pelo menos uma empresa, sendo que 60% deles estão interessados em “saber mais” (leia-se “intenção de compra”) sobre um produto ou serviço.

5) Só o Instagram salva!

Você já ouvir falar em conteúdo épico? Conteúdo épico é muito usado por blogs e serve para melhorar o posicionamento de um site no Google. Consiste em textos longos (com duas mil palavras ou mais), com fotos, vídeos, infográficos, links para outros conteúdos, etc.

Esse mesmo estilo de postagem épica, com certos ajustes, vale para o instagram. Produza o conteúdo em carrossel, com fotos, vídeos, ilustrações e textos, todas as informações úteis que uma pessoa interessada pelo seu serviço possa se interessar. Tem que ser um conteúdo poderoso, exclusivo, épico como o próprio nome já diz, que façam as pessoas “salvarem” a publicação para consultarem depois.

Quando um internauta salva seu conteúdo, está dizendo para o Instagram que ela gosta do que você publica. Assim, a tendência é que as próximas publicações que sua empresa fizer sejam sempre mostradas para quem salvou o seu conteúdo.

Dica Bônus: influenciadores

Melhor do que sua própria empresa divulgar e recomendar seus produtos e serviços, é quando outros internautas fazem isso. Uma pesquisa da Opinion Box revelou o nível de influência da opinião de pessoas famosas no Instagram, na hora de comprar e consumir produtos. 40% dos usuários de Instagram disseram se sentir influenciados, sendo 15% muito influenciados pela opinião dos famosos.

Os entrevistados que seguem famosos ainda apontaram os segmentos de influenciadores que preferem seguir. Os principais são: Moda (51%), Saúde e fitness (49%), Humor (49%), Música (48%), Maquiagem e estética (46%), Cinema e TV (42%) e Viagens e Turismo (41%).

Esses números comprovam que vale a pena construir uma rede de relacionamento com influenciadores.

A boa notícia é que para essa tática ser assertiva, não é necessário fazer parcerias com influenciadores tops, que costumam cobrar um alto cachê.

Influenciadores de médio porte, com menos de 1 milhão de seguidores, costumam trazer ótimos resultados e, muitas vezes, a parceria consiste apenas em permuta, ou seja, o produto ou serviço da sua empresa em troca de uma recomendação.

=======================================================

Estas são apenas algumas das várias táticas (hacks) que usamos para turbinar empresas com marketing digital.

Quer saber mais como sobre como turbinar sua marca nos meios digitais? Solicite uma consultoria (11) 97582-9079

Precisando de um Agência de Marketing Digital?
Conheça a Ynusitado Digital Marketing Intelligence