Aprenda as diferenças entre CPC, CPM e CPA

Existem diversas maneiras de promover uma marca na web. Uma das mais comuns é por meio do uso das mídias display, ou seja, por meio de banners. Veja abaixo três formas de aquisição

CPC (Custo Por Clique): o anunciante paga somente quando o banner receber um clique. Modelo usado no Google Adwords que vem se expandido para sites e blogs, pela rede AdSense. Tem como principal vantagem revelar o número exato de pessoas que realmente se interessaram pelo anúncio.

CPM (Custo Por Mil): o anunciante paga por mil impressões, ou seja, a cada mil vezes que o banner aparece na tela. Geralmente uma página pode oferecer até 6 posições para a publicação da peça. Quanto mais nobre a área (topo, por exemplo), mais caro é o CPM. É o modelo mais usado por portais e sites com grande número de acessos.

CPA (Custo Por Aquisição): o anunciante só paga quando há a conversão, ou seja, o objetivo é alcançado. A conversão pode ser a compra de um produto, o cadastro em uma página, o preenchimento de uma pesquisa, a visualização de um vídeo, o curtir de uma fanpage, etc. Esse modelo costuma ser mais caro para evitar prejuízo à plataforma caso a campanha não seja bem sucedida.

Para conhecer o serviços  da Denis Zanini Consultoria de Marketing Digital clique aqui

Precisando de um Agência de Marketing Digital?
Conheça a Ynusitado Digital Marketing Intelligence