5 tendências para 2016 em marketing digital que você não pode ignorar

1

A forma de interação entre usuários e as plataformas digitais impulsionaram o surgimento de novas formas de ação e tendências de marketing nos últimos anos. O velho modelo já não atrai mais os consumidores, essencialmente a geração Y, cada vez mais conectada e ávida por novidades.

Estratégias como o inbound marketing, anúncios patrocinados e, principalmente, o marketing de conteúdo trouxeram para as empresas uma nova visão sobre as melhores formas de oferecer produtos e serviços. E 2016 promete não ser diferente. Nesse post, você vai conhecer as 5 principais tendências de marketing para o próximo ano, que te ajudarão a impulsionar o seu empreendimento e derrubar a concorrência. Confira!

#1 O marketing mobile

O número de dispositivos móveis, incluindo smartphones e tablets, já supera o número de computadores pessoais no Brasil, que apresenta o maior crescimento mobile entre 15 países. Em 2016, o tráfego via aparelhos móveis será 41 vezes maior, segundo a Anatel.

Esses dados, já serviriam para deixar profissionais de marketing alertas sobre a necessidade de formatos, SEO e conteúdos exclusivos para o mobile. E o próprio Google anunciou que as pesquisas feitas no site por meio de dispositivos móveis já superou as buscas realizadas por meio de computadores.

Esse marco aponta para mudanças no direcionamento orgânico dessas buscas e nos anúncios, que tendem a ser, nos próximos anos, mais lucrativos em celulares e tablets.

#2 O conteúdo em vídeo

O ano de 2015 foi de destaque para a produção em vídeo, principalmente através de anúncios e dos “youtubers” com seus canais, que chegaram a ultrapassar a marca de 9 milhões de inscritos, com conteúdos variados. Com uma maior velocidade de conexão e necessidade dos usuários de consumir conteúdos mais rápidos e interativos, os vídeos terão 53 vezes mais alcance do que o conteúdo escrito, no próximo ano.

Um exemplo que comprova essa teoria é a rede social Snapchat, que permite a postagem de vídeos curtos com conteúdo pessoal. São cerca de 200 milhões de usuários ativos por mês e 400 milhões de “snaps” diários — o que a torna a rede social atual com maior engajamento. Números recordes frente a concorrência em seus 4 primeiros anos de criação.

#3 A evolução das mídias sociais

Quando se trata de mídias sociais, é possível esperar novidades todos os dias. E 2016 será um ano repleto de novidades, desde as formas de publicação até a venda de produtos. Facebook, Twitter e Pinterest, por exemplo, já estão testando o botão “comprar” nos smartphones, que permitem a compra sem que os consumidores precisem sair das redes sociais.

Até mesmo as mudanças pequenas, como um ícone ou botão de compartilhamento, apontam para a volatilidade de padrões e tendências nessas plataformas, e os profissionais de marketing, principalmente o de conteúdo, precisam estar atentos a elas.

#4 A automação do conteúdo

Outra novidade tecnológica não muito animadora para jornalistas e redatores será a automação da produção de conteúdo através de algoritmos jornalísticos. A produção de textos simples, sobre temas como previsão do tempo e resultados de jogos, já estão sendo produzidos. E a tendência para 2016 é que eles se tornem ainda mais complexos. Para o marketing será uma redução de tempo de produção e publicação do conteúdo em sites e mídias sociais, e de custo para agências e empresas.

#5 O marketing de relacionamento

Por meio de aplicativos e páginas exclusivas em redes sociais, será possível coletar dados dos usuários e oferecer um conteúdo ainda mais personalizado para cada um deles.

Considerada uma das principais tendências de marketing para 2016, a estratégia promete aproximar ainda mais consumidores das marcas e empreendimentos, através de uma relação mais pessoal e emocional. Além de uma linguagem mais leve, os anúncios serão menos intrusivos, e o conteúdo terá o intuito de criar relações e não apenas vender.