Facebook: 5 sacadas para você turbinar sua campanha

facebook hacks

Quando falamos em campanhas publicitárias no Facebook a grande maioria das pessoas (e uma boa parte das empresas) pensa automaticamente no impulsionamento, cujo objetivo principal é gerar engajamento por meio de curtidas, compartilhamentos e comentários em um post.

 

Embora seja de fato uma das práticas mais comuns de divulgação paga na rede, o impulsionamento é apenas uma das dezenas de opções que o Facebook oferece para promover sua marca, produto ou serviço. E como veremos no decorrer do artigo, o impulsionamento está longe de ser o método mais assertivo de obter clientes.

 

Você sabia, por exemplo, que é possível obter leads com nome, email, telefone e outros dados usando o próprio Facebook, sem ter que usar página de captura? E que é possível estimular potenciais compradores a iniciarem uma conversa via chat com você sem ser invasivo?

 

E que com o uso de simples caracteres pouco usados no seu teclado seu post pode ganhar muito mais visibilidade? E que é possível transformar uma pequena lista de e-mails de clientes, leads e ex-clientes em uma base com mais de 1 milhão de pessoas?

 

Ficou curioso? Então leia este artigo até o fim com 5 hacks para você turbinar sua campanha no Facebook

 

1) Use caracteres especiais e emojis

Como você sabe, o Facebook não permite o uso de negrito, sublinhado, itálico ou qualquer outra forma mais conhecida de destacar uma palavra nos posts convencionais. Existe uma solução simples para isso, mas que é negligenciada por boa parte dos anunciantes. Basta usar alguns caracteres especiais, principalmente para determinar títulos, gatilhos mentais e calls to action. Veja abaixo alguns exemplos:

 

[Guia definitivo para turbinar suas campanhas no Facebook]

//Técnica exclusiva//

>>Descubra o segredo<<

 

Com isso, você consegue destacar itens estratégicos do texto. Além disso, o uso de emojis também atraem a atenção e ajudam a fortalecer o contexto do post. Mas seja criterioso na hora de escolha do emoji, não use um que não tenha relação com o assunto ou o tom de voz da postagem.

 

2) Faça o milagre da multiplicação das listas

O Facebook possui diversas formas de segmentar o público: por dados demográficos, interesses, cargos, profissão, etc. Mas quem costuma fazer campanhas, sabe que esse tipo de configuração está longe de ser 100% eficaz. Se você tem uma lista atualizada de e-mails ou números de telefone celular de clientes, ex-clientes e leads, temos uma boa notícia. Usando a opção “Público personalizado”, você pode fazer o upload desta base e fazer com o que o Facebook só exiba seu conteúdo para ela. E se essa lista for pequena, não tem problema.

 

Com o “Público Semelhante”, o Facebook cria uma nova lista para você com perfis semelhantes à da base original, podendo chegar a 1, 2, 3 milhões de pessoas. Na maior parte das vezes em que fizemos a segmentação por lista, a performance da campanha foi superior em comparação à segmentação tradicional

 

3) Conversando via Messenger sem ser intrometido

Conversar com internautas via Facebook Messenger é uma das principais formas de criar e fortalecer vínculos, transformando um internauta em lead e depois em cliente. Para isso, basta usar a opção “Mensagens” na configuração de objetivos da campanha. Assim, no seu anúncio, irá aparecer o botão “Enviar Mensagem”.

 

Assim, quando o internauta se interessar por seu post, ele irá clicar nessa opção e você terá a oportunidade de conversar com ele via chat. Essa opção é mais recomendada para empresas do setor de serviços, como agência de viagens, escolas, restaurantes, clínicas, nas quais as pessoas geralmente querem tirar dúvidas ou solicitar pacotes customizados antes de efetuar uma compra.

 

Vale salientar que todas as pessoas que entram em contato com a empresa ficam registradas na “Caixa de Entrada” da página. Assim, é possível ter acesso a todo histórico do contato, que pode ser usado em futuras ações.

 

4) Chuva de leads sem página de captura

Uma das coisas que o Facebook mais preza é manter o internauta dentro da rede social. Por isso campanhas para obtenção de leads no qual o internauta clica no anúncio e é direcionado para uma página externa gera “insatisfação” para o Face (que perde tempo de permanência) e para os anunciantes (que reclamam da baixa performance).

 

A solução para isso foi a criação da funcionalidade “Geração de Cadastro”. Com ela o anunciante cria um formulário dentro do próprio Facebook para que o internauta coloque seus dados em troca de alguma bonificação (ebook, vídeo, desconto, etc). Assim, o internauta não precisa sair do Facebook e o anunciante recebe o lead dentro da própria mídia social.

 

Nossa experiência com essa forma de captação de leads vem sendo muito boa. Logicamente que a oferta precisa ser atraente. Não adianta oferecer algo de pouco valor que o internauta não irá fornecer seus dados.

 

5) Hackeie a concorrência e empresas de outros setores

Há alguns meses o Facebook permite saber quais são os anúncios que uma determinada empresa está divulgando. Essa funcionalidade é ótima para fazer benchmark com empresas que são referência no mercado ou simplesmente espionar a concorrência. Para isso basta acessar a fanpage da empresa desejada e, no menu do lado esquerdo, escolher a opção “Informações e anúncios”. Nela você verá a relação completa.

E se você precisar de um projeto para campanhas no Facebook, clique aqui e entre em contato conosco